Minha retrospectiva 2016

Este foi um ano muito bizarro para a história do Brasil. Acredito que precisaremos de um distanciamento considerável para fazer avaliações minimamente isentas. Se é que conseguiremos. Hoje, a manipulação intensa da mídia e o contágio por interesses variados não permite.
Trabalhei menos do que gostaria e/ou deveria em 2016. Não tenho orgulho disso, também não tenho vergonha.
Participei de poucas feiras de livros com a Giz. A maioria teve vendas frustrantes, refletindo a crise brasileira. A Bienal, por exemplo, foi a menor que já vi e estava tomada por estandes de “ponta de estoque”. E também foi a que teve entrada mais cara. R$ 25,00 contra os R$ 12,00 da edição passada.
Temos ondas no mercado de livros. A do ano passado foi dos livros de colorir, sobre a qual tive a sorte de conseguir surfar. Este ano, foram os youtubers. Ondas vêm e vão e têm sua função econômica dentro das empresas/editoras.
Lancei meu terceiro livro e fiquei feliz com o resultado. É um projeto pelo qual tenho imenso carinho e foi minha estreia em uma grande editora (Verus).
Muitas mortes de famosos neste ano. E também muitas e muitas mortes de não-famosos. Massacres na França ganhando mais holofotes do que no Oriente Médio e África, mas assim caminha a humanidade, infelizmente.
Percebe-se, para quem quiser ver, um crescimento de movimentos retrógrados e uma escalada de ideais nefastos. No mundo inteiro, e sensivelmente aqui no Brasil. Os fascistas perderam a vergonha e têm a cara de pau de usar o jargão “é minha opinião” para justificar as barbaridades que falam e fazem. A classe média tem culpa considerável disso, no momento que deu braços a representantes desse pensamento em suas manifestações pelo impeachment, onde circularam livremente neo nazistas e amantes da ditadura militar. Mas quem sabe o quanto essa tal classe média, aquela que bateu panelas e vestiu a camisa da CBF, já não namora essas ideologias, intimamente? Donald Trump foi eleito presidente dos EUA e considero esse o ponto mais representativo do que estou dizendo.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s