Colher

Negar que ainda vivemos em uma sociedade machista é cegueira ou mau caratismo.
Ainda se tem que ensinar as meninas a gritarem “fogo” e não “socorro” ou afins quando precisa de ajuda. Não deveria ser assim. Mas é. Porque, ainda hoje, leva-se a sério a expressão “em briga de marido e mulher não se mete a colher”. Pois mete-se sim! Aquela moça que foi jogada do quarto andar, por exemplo. Não venha me dizer que ela teve todas as oportunidades para sair daquele casamento. Você não está na pele dela, nem na de milhares de mulheres que vivem relacionamentos abusivos. Você não faz ideia, então, sobre isso, não palpite.
Mas dá para ver, pelas filmagens, que houve muito tempo e oportunidade para que, pelo menos naquele episódio, alguém interferisse. Nem precisava encarar o cara. Bastava chamar a polícia. No entanto… “em briga de marido e…” E todos se calaram e esperaram para cuspir sua indignação nos depoimentos à perícia…
E assim é no resto do país. Até país e mães acreditam que “em briga de…” e nada fazem para proteger suas filhas.
.
“Ah, mas tem homem em relação abusiva e é assassinado pela mulher, também…”
Tem. Mas proporcionalmente muito, muito menos. Então, não meta a colher em post que está falando sobre problemas gerais com seus argumentos toscos e de falsa simetria…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s