Exceção

Desde antes de iniciar minha carreira literária, mantive a seguinte postura: não publicar minhas escolhas de urna, nem fazer propaganda eleitoral.

Desta vez, vou abrir exceção para uma de minhas regras. Porque mais que polarização, como gostam de dizer por aí, vivemos, isso sim, um momento de flerte com uma perigosíssima alma de fascismo declarado.

Não vou justificar minhas escolhas. Aqui vão elas:

Deputada estadual: prof Rosana 50321

Deputada federal: Durvalina Soares 5057

Senadores:

Eduardo Suplicy 131 e professora Sílvia Ferrado 500

Governadora: prof Lisete 50 no primeiro turno. No segundo, qualquer um que disputar com o Dória, até mesmo o Skaf.

Presidente: Ciro 12. No segundo turno, qualquer um contra o Bolsonaro, mesmo o Haddad (muito a contragosto, mas não admito voto nulo).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s